Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Secretário de Cidadania encara os desafios das pessoas com deficiência em Nilópolis

Pessoas que não são cadeirantes e nem cegas tiveram uma vivência diferente na manhã desta segunda-feira (13/9). Elas foram convidadas a passar por essa experiência por Luiz Gustavo Guimarães, representante do Programa Calçadas Livres, promovido pela Firjan em parceria com a Prefeitura de Nilópolis. Saíram da Escola Municipal Deocleciano de Oliveira, na Rua Pedro Álvares Cabral, 442, no Centro e seguiram pela Rua João Pessoa em direção à Rua Mário de Araújo.

Vinte agentes da Secretaria Municipal de Transportes prepararam as ruas para a dinâmica. Entre os participantes do encontro que integraram a prática, estavam o secretário de Cidadania e Direitos Humanos, José Renato de Moraes Ribeiro, e a assistente social da Superintendência dos Direitos dos Idosos, Márcia Campos, que usaram vendas e muletas para cegos. Eles tiveram a ajuda de outros participantes. Todos participaram do workshop de Acessibilidade de Calçadas Públicas, que continua nesta terça-feira (14), no mesmo local, das 9h às 17h.

“O objetivo dessa dinâmica era que eles se colocassem no lugar de quem é cadeirante ou cego, por exemplo. É a tal da empatia. A partir daí eles vão perceber o que precisa melhorar na acessibilidade da cidade. Na terça-feira, vamos abordar a parte teórica, vamos falar sobre as normas de acessibilidade”, afirmou Guimarães, especialista em desenvolvimento setorial da Firjan.

Dinâmica na Rua João Pessoa

A diretora do Departamento de Renda Imobiliária da Semfa, Ana Lúcia Medeiros, sentou na cadeira de rodas e foi empurrada pelos colegas.

“Acho esse tipo de evento importante pela importância da inclusão. Essa é uma experiência nova, que todos têm que passar para entender as dificuldades”, salientou ela, posteriormente substituída por outra pessoa, assim como os colegas que estavam com vendas e muletas de cego.

Cadeirante há 42 anos, depois de sofrer um acidente de carro, o diretor de Inclusão da Subsecretaria da Pessoa com Deficiência de Itaguaí, Valnei Costa, participou do evento.

“É importante a união da Baixada em torno de projetos de inclusão para todos. A Prefeitura de Nilópolis está de parabéns pela iniciativa”, observou ele, cuja cidade, assim como Japeri e Nilópolis, já criaram manuais de acessibilidade.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação / PMN
você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: