Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Covardia: Mulheres abandonam filhotes de gato dentro de saco fechado em Nilópolis

A quantidade de animais abandonados nas ruas de Nilópolis vem crescendo assustadoramente nos últimos anos. Segundo dados colhidos pela Comissão de Proteção aos Direitos dos Animais da Câmara Municipal, estima-se que há cerca de 5 mil animais perambulando pelas ruas do município.

E no último dia 20 de setembro, por volta das 16h15 mais um caso de abandono foi flagrado por câmeras de segurança instaladas na rua Marechal Castelo Branco, no bairro Nossa Senhora de Fátima. Nas imagens é possível ver que duas mulheres e uma criança estão em uma motocicleta e ao passarem em frente a um pet shop, uma delas desembarca com um saco preto nas mãos e vai em direção a calçada.

Veja o Vídeo:

Como não se bastasse as duas mulheres estarem sem capacetes, transportando uma criança de forma totalmente irregular e a condutora sem calçado adequado para pilotar a motocicleta, dentro do saco preto levado até a calçada estavam três filhotes de gatos.

Ao ouvir os miados desesperados dos animais, a proprietária do pet shop preocupada, iniciou uma busca na loja e no entorno, foi quando encontrou os filhotes, um deles já estava quase sem ar.

Os animais foram socorridos e levados para serem cuidados pelo veterinário e após se recuperarem serão colocados para adoção.

Abandonar animais é crime

Animais não são descartáveis e abandoná-los é crime segundo a nova Lei Federal nº 14.064/20, que altera a Lei nº 9.605/1998, aumentando a pena de detenção para até cinco anos para crimes de maus-tratos a cães e gatos.

O abandono causa extremo sofrimento ao animal, que tem dificuldades para encontrar alimento e abrigo em ambientes desconhecidos, ficando desprotegidos da chuva, do frio, da exposição ao tempo e sujeitos a brigas, atropelamentos e maus-tratos.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: