Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Habite-se Verde já está em vigor no município de Nilópolis

Levando em consideração o aumento de construção de imóveis na cidade de Nilópolis, o prefeito Abraão David Neto assinou o decreto nº 4766/2021, que determina que a concessão do Habite-se esteja vinculada ao cumprimento de medida compensatória ambiental. Com o Habite-se Verde, passa a ser necessário o plantio ou doação de mudas para obtenção desse documento.

O registro é concedido para regularização de terrenos e novas construções ou reformas. A obrigatoriedade do plantio para concessão já constava no Código Municipal de Ambiente, elaborado em 2001, no artigo 66 da Lei n° 5.984, o decreto assinado pelo prefeito no dia 01 de outubro, regulamenta a medida.

A medida tem como objetivo diminuir os danos das construções, além de atender à diminuição de arborização urbana no município, é o que explica o diretor de licenciamento ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Eduardo Greco.

“De acordo com as edificações que surgem diariamente no município, esta medida visa arborizar as vias e praças da cidade. Compensar a crescente urbanização do território e aumentar as áreas de sombra“, afirmou.

Essa compensação pode ser feita através de doação de mudas para o horto municipal ou de plantio no terreno. Na primeira opção, o valor é variável, dependendo da quantidade, espécie e tamanho das mudas, por exemplo. No outro caso, é necessário autorização de um técnico da secretaria, que irá descrever as especificidades das mudas, e após comprovação de plantio, uma vistoria da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Porém, o Habite-se Verde não isenta do cumprimento das demais exigências legais pedidas pela Secretaria Municipal de Habitação.

Com isso, a maior arborização da cidade compensa também os munícipes, visto que impacta significativamente na qualidade ambiental. É possível ter uma melhora da qualidade do ar e das consequências devido às mudanças climáticas.

“Enxergo essa ação como um marco na história do município em relação a responsabilidade socioambiental. Para os munícipes vai ao encontro direto da melhoria na qualidade de vida das gerações atuais e futuras“, reforçou Eduardo Greco.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: