Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

NILÓPOLIS – Governador em exercício e secretário de Educação se reúnem com alunos

O governador em exercício, deputado André Ceciliano, e o secretário de Estado de Educação, Alexandre Valle, se reuniram, nesta terça-feira (16), com seis alunos da Escola Estadual Marechal Zenóbio da Costa classificados para o WMTC (World Mathematics Team Championship), olimpíada de matemática realizada anualmente em Pequim, na China, e que reúne estudantes de 50 países. O evento acontecerá, pela primeira vez, de forma virtual, entre os dias 18 e 22 de novembro.

Localizado no bairro de Olinda, o colégio já havia se classificado para a competição 2018, mas não pôde participar porque não conseguiu recursos suficientes para custear a passagem. Em 2019, se classificou novamente. Dessa vez, o governo patrocinou a viagem, quando a equipe voltou com a medalha de bronze.

Neste ano, apenas quatro escolas do Brasil entraram para a disputa internacional: além do Zenóbio, duas instituições da rede privada de São Paulo e uma estadual do Maranhão. No encontro, realizado junto a um café da manhã na biblioteca do Palácio Tiradentes, também participaram três dos ex-alunos medalhistas, os professores Fernando Rocha e Manoel Roque, e a diretora da escola, Elaine Cândido.

Elaine entrou na Zenóbio no Jardim de Infância, como aluna, e virou diretora há um ano, depois que o diretor anterior, que ajudou a criar o projeto, faleceu, vítima da covid-19.

“É um prestígio sermos recebidos dessa forma hoje, e é importante também para incentivar os alunos, a poucos dias da prova. Já vejo a classificação como um resultado extraordinário, mas temos tudo para conquistar o ouro. Eles estão muito preparados. Superaram as adversidades da vida, porque são todos jovens de comunidades, e superaram a pandemia encontrando formas de estudar online, dando um exemplo de perseverança”, disse o professor de Matemática Fernando Rocha.

Para o secretário Alexandre Valle, a classificação dos alunos mostra o potencial de um ensino público de qualidade.

“A escola pública tem muito a ofertar a nossos estudantes e não vamos medir esforços para replicar resultados brilhantes como esse. Aos poucos, estamos reconstruindo a educação, investindo em infraestrutura, ensino e na valorização dos nossos profissionais. Nos próximos meses, estamos projetando a construção de 50 novos CIEPs”, ressaltou Valle.

Apoio psicoemocional nas escolas

Na ocasião, o governador em exercício, deputado André Ceciliano, anunciou a sanção da Lei 9.456, que será publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (17). A Lei, de autoria do deputado Luiz Paulo (Cidadania), cria um programa de apoio psicoemocional nos estabelecimentos de ensino da rede pública do estado. Com apoio das secretarias estaduais de Saúde e de Ciência, Tecnologia e Inovação, o programa visa prestar assistência psicológica e socioemocional ao corpo docente, estudantes e demais profissionais de escolas estaduais

“A escola não é apenas para ensinar matérias, mas para formar cidadãos. E o apoio psicológico é fundamental para que todos se sintam acolhidos. A escola tem que ser um porto seguro, em todos os sentidos”, disse o governador em exercício.

Além disso, Ceciliano anunciou que vai propor que seja concedida aos alunos e profissionais responsáveis pelo projeto a principal honraria do Legislativo Fluminense, a Medalha Tiradentes, destinada a pessoas que prestaram relevantes serviços à causa pública do Estado do Rio.

Ceciliano se comprometeu ainda a fazer uma doação de 70 computadores para a escola e sugeriu a inscrição do programa Matemática Invertida no Prêmio Paulo Freire, concedido anualmente pela Comissão de Educação da Alerj.

Emocionada, a estudante Vitoria Camilly, de 18 anos, do 2º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Marechal Zenóbio da Costa, agradeceu pelo reconhecimento da turma classificada na Olimpíada de Matemática.

“O objetivo é trazer o ouro para nossa escola. Sempre fui apaixonada pela área de Exatas, e o projeto me deu a oportunidade de desenvolver muitas habilidades. Estou ansiosa para a prova, mas ao mesmo tempo confiante, pois nos esforçamos muito durante muitos meses. Temos que agradecer ao nosso professor, que nos apoia muito e nos incentiva a seguir em frente”, disse a jovem.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: