Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Prefeitura de Nilópolis realiza cadastro de povos e comunidades de matrizes africanas

O link para registro estará disponível a partir do dia 20 de novembro

Com o objetivo de mapear e integrar casas de matrizes africanas e grupos culturais desta vertente, a prefeitura de Nilópolis, por intermédio das superintendências de Promoção de Igualdade Racial em parceria com a superintendência dos Conselhos, em parceria com o grupo Omo Obá, disponibiliza no endereço eletrônico http://nilopolis.rj.gov.br/site/cadastrodosgruposetnicos/ para cadastro destes povos e comunidades tradicionais.

O cadastro desenvolverá um diagnóstico referente às quais atividades e onde estão localizados, objetivando, junto aos órgãos da gestão pública, o levantamento do quantitativo relacionado às comunidades, povos, casas, agentes, grupos culturais tradicionais de matriz africana presentes em Nilópolis.

Em Nilópolis há diversas religiões de matrizes africanas que são: o candomblé, batuque, tambor de mina, a pajelança, macumba, umbanda e outras.

Quem deve participar e como se cadastrar?

A iniciativa é composta por dois tipos de formulários:

1 – Cadastro Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana de Nilópolis. – Voltado Comunidades, Casas e Ylê Axés presentes no município.
link: https://forms.gle/4oh6WSaXvx2hfhJ7A

2 – Cadastro de Agentes e Grupos Culturais dos Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana de Nilópolis. – Destinado aos agentes e empreendedores culturais que possuam atividades relacionadas à preservação, produção e difusão de atividades culturais relacionadas a essas tradições e que estejam sediados na cidade de Nilópolis.
link: https://forms.gle/UaF3fXcbSiZ8pw4k9

Para mais informações, entre em contato por meio dos e-mails:
cidadania@nilopolis.rj.gov.br e omonobacultural@gmail.com – Grupo Cultural Omon Obá.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação / PMN
você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: