Notícias de Nilópolis todo dia

Publicidade

Paço Municipal de Nilópolis agora se chama Prefeito Farid Abrão

​O prefeito Abraão David Neto sancionou a Lei 6656/2021, oriunda do projeto de lei de autoria do vereador Leandro Hungria (Solidariedade) que denomina o Paço Municipal Prefeito Farid Abrão.

A Lei já está em vigor e agora toda a edificação localizada na Rua Pedro Álvares Cabral 305, onde está instalada a Prefeitura, além das áreas verdes externas e o estacionamento na Rua Manuel Luis Pereira, no Centro, agora passam a se chamar Paço Municipal Prefeito Farid Abrão.

“Essa Lei vem homenagear alguém que deixou sua marca em Nilópolis. Com uma visão futurista o ex-prefeito Farid marcou presença na história nilopolitana”, comentou Leandro Hungria.

Vítima da Covid-19

FARID ABRÃO
O ex-prefeito Farid Abrão. Foto: Divulgação

 

Farid Abraão David morreu no dia 11 de dezembro de 2020 aos 76 anos. Foi deputado estadual, presidente do G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis e abriu mão de disputar um quarto mandato como prefeito. Foi diagnosticado com o novo Coronavírus alguns dias após às eleições onde elegeu seu sucessor, Abraão David Neto (PL).

A história começa com o ex-deputado federal e primo de Farid, Simão Sessim. Ele foi o primeiro da família a chegar na Prefeitura de Nilópolis, entre 1973 e 1977, pela Arena, partido de sustentação da Ditadura Civil Militar. Depois dele, de 1983 a 1988, foi a vez de Miguel Abraão, irmão de Farid e pai de Abraão David Neto.

Jorge David, irmão de Simão, assumiu de 1989 a 1992. O ciclo teve interrupção nos anos 90 com as eleições de Manoel Rosa e José Carlos Cunha. Mas, de 2001 a 2008, Farid retorna ao Poder Executivo, fez seu primo Sérgio Sessim, sucessor entre 2009 à 2012 e elegeu-se de novo em 2016 para o terceiro mandato. Entre os dois, uma nova quebra de sucessão com Alessandro Calazans de 2012 à 2016.

Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais