Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todos os dias

Publicidade

Reconhecimento: Nilópolis Online passa a ser referência para o Jornal O Dia

O resultado do profissionalismo exercido pela equipe de jornalistas do Nilópolis Online é reconhecido diariamente pelos mais de dois milhões de leitores que acompanham anualmente o portal. E esse número vem subindo todos os anos. Mais recentemente, o Jornal O Dia, um dos mais tradicionais jornais do Brasil, com seus 71 anos, passou a usar as matérias do Nilópolis Online como referência para suas publicações.

Para o fundador da Rede NOL, empresa proprietária do Nilópolis Online, o Jornal O Dia atesta a qualidade das matérias publicadas:

“Nosso foco sempre foi levar qualidade aos nossos leitores e aprendemos muito com as grandes mídias, inclusive, nos baseando nas matérias deles. Em um nicho cada vez mais segmentado, ver que agora, os jornalistas do O Dia se baseiam nas matérias publicadas pelo Nilópolis Online, é o reconhecimento da empresa de que nosso material é de qualidade e nada fica a dever para as grandes mídias. Isso só aumenta a nossa responsabilidade em produzir cada vez mais matérias de qualidade”, disse o jornalista André Moreira.

André Moreira ainda deixa claro que não enxerga o Jornal O Dia como concorrente:

“Pelo contrário, temos 20 anos de empresa e nunca enxergamos nenhuma das grandes mídias como nossas concorrentes, pelo contrário, acreditamos que são os leitores que ganham com mais informação de qualidade sendo publicada”, concluiu.

Mas é claro, que o bom humor tradicional dos nilopolitanos não poderia deixar passar um momento como esse:

“Bem que o Jornal O Dia poderia nos dar um trocado né? A gente não cobra muito para fazer a apuração para eles!”, brinca a jornalista Sarah Moreira.

Stephany Ferreira, a mais nova integrante da redação também entra na brincadeira e dispara:

“Pelo menos podiam fazer uma matéria com a gente agora né?”, se diverte.

Confira abaixo algumas das matérias que foram publicadas primeiro no Nilópolis Online e depois no O Dia:

Vereador apresenta propostas para melhor o trânsito em Nilópolis

O DIA: Com a proximidade do Natal, moradores de Nilópolis pedem melhorias no trânsito do Centro

Feira da Avenida Mirandela é transformada em Patrimônio Cultural de Nilópolis

 

O DIA: Feira livre da Avenida Mirandela vira Patrimônio Cultural em Nilópolis

Vereador apresenta indicação para que a Prefeitura de Nilópolis abra vagas de estágio

O DIA: Câmara de Vereadores solicita à Prefeitura de Nilópolis criação de vagas de estágio no município

Vereador pede reforma da Praça Prefeito Miguel Abrão e melhorias no entorno

O DIA: Moradores cobram reforma de praça histórica em Nilópolis

Jornal fundado pelo ex-governador Chagas Freitas

O jornal foi fundado em 5 de junho de 1951 pelo então deputado Chagas Freitas, futuro governador dos estados da Guanabara e do Rio de Janeiro.

Chagas utilizava o equipamento gráfico do vespertino A Notícia (de propriedade do ex-governador paulista Ademar de Barros) para rodar o jornal. Chagas era sócio e aliado político de Ademar na época.

Em 1983, O Dia foi comprado pelo jornalista e empresário Ary Carvalho. Inicialmente um veículo de forte apelo popular, voltado para notícias policiais e de violência, o jornal passou por ampla reforma no início da década de 1990, com a intenção de competir por leitores com os mais tradicionais.

Com o falecimento de Ary Carvalho em 2003, a propriedade da empresa foi divida entre suas três filhas: Ariane, Gigi e Eliane de Carvalho. Em 2005, Ariane deixou a sociedade para fundar o jornal Q!, levando junto a rádio MPB FM.

Nesta altura, a Editora O Dia incluía ainda o jornal Meia Hora, o portal O Dia Online, a TV O Dia e a rádio FM O Dia, além de uma agência de notícias e do Instituto Ary Carvalho. Em abril de 2010 a Editora O Dia vendeu parte do seu capital para a EJESA, Empresa Jornalística Econômico SA, que publica o Brasil Econômico, por US$ 75 milhões.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais