Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todos os dias

Publicidade

Taxistas de Nilópolis já fazem viagens pelo Aplicativo Táxi-Rio Cidades

Os taxistas de Nilópolis entraram firma na concorrência com os aplicativos de carros. Por conta de Acordo de Cooperação Técnica, assinado entre as prefeituras de Nilópolis e do Rio de Janeiro, os motoristas nilopolitanos já estão oferecendo viagens através do aplicativo Táxi-Rio Cidades.

Semelhante ao Uber e ao 99, o usuário que esteja em Nilópolis ou em qualquer das cidades onde o aplicativo esteja disponível, pode estar solicitando um dos veículos cadastrados. Apenas taxistas podem estar participando.

Em Nilópolis o cadastramento dos motoristas é feito pela Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos (SEMUCIDH) e o taxista precisa estar em situação regular junto à Secretaria Municipal de Transporte.

Já os passageiros podem baixar gratuitamente o aplicativo através do seu smartphone, indo até a play store (sistema móvel Android) ou app store (sistema iOS) e procurando por “Táxi-Rio Cidades”. Em seguida basta se cadastrar, informando nome, e-mail e número do celular.

“Esse aplicativo vai facilitar nosso trabalho, a tendência é melhorar. Teremos condições agora de competir com outros aplicativos de transporte. Me cadastrei porque os colegas me avisaram”, contou Francisco José Vieira, 60 anos, motorista de táxi há 11 anos e tem ponto na Avenida Mirandela, no Centro.

Taxistas se cadastram na Prefeitura

Luciano Moraes Sett, diretor administrativo da Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos (SEMUCIDH) explica que o profissional interessado em fazer viagens pelo aplicativo, deve se dirigir ao setor de cadastros da secretaria portando cópia da autonomia, do documento do veículo (CRLV), da CNH e do comprovante de residência.

“Depois disso, colocamos todos os dados no sistema e tiramos uma foto do motorista”, enumerou Luciano.

Para o secretário de Cidadania e Direitos Humanos, José Renato de Moraes, o convênio disponibilizou um novo recurso para os taxistas.

“Agora, eles podem competir com os motoristas de aplicativo em pé de igualdade. Peço que a categoria fique atenta ao calendário que será divulgado em breve, para que possam se cadastrar e ajudar a desenvolver uma nova cultura de corridas de táxi no município”.

Atenção para nova fase de cadastro

A Secretaria Cidadania e Direitos Humanos informou que um novo chamamento para inscrições de taxistas será lançado em breve, para atender os profissionais que ainda não puderam se registrar.

Os veículos registrados no Táxi Rio Nilópolis podem levar passageiros para qualquer cidade sem a cobrança da tarifa dinâmica (valor mais alto recebido quando há alta demanda).  Além do Rio de Janeiro, as cidades de Miguel Pereira e Maceió, esta última localizada na região Nordeste, já aderiram também ao convênio. Taxistas destas cidades podem transportar passageiros de Nilópolis ou trazê-las, sem custo adicionou.

No caso de municípios que não assinaram o acordo, o taxista pode levar, mas não pode trazer o usuário de volta usando o aplicativo.

Informações ao passageiro

Formas de pagamento: O pagamento deve ser feito diretamente ao taxista, podendo ser em dinheiro, cartão de crédito ou débito (máquina do taxista) ou pagamento via aplicativo (cadastrando o seu cartão de crédito previamente), No momento do pedido do táxi o passageiro seleciona a forma de pagamento.

Descontos ao passageiro: Os descontos são definidos pelo taxista e poderão ser de 0% a 40% de desconto. No ato de pedido do táxi o passageiro seleciona a faixa de desconto que deseja e nesse momento somente os taxistas dentro da faixa selecionada poderão atender aquele passageiro.

Informações ao taxista:

O aplicativo da Prefeitura do Rio, desenvolvido pela IplanRio, contempla todos os taxistas da cidade do Rio de Janeiro e das demais cidades autorizadas, entre autorizatários e auxiliares e a aderência ao programa é opcional. O uso do aplicativo não é obrigatório.

Pagamento de taxas: Não há taxas devidas para prefeitura para uso do aplicativo e o taxista não terá que pagar as taxas que os demais aplicativos do mercado cobram a cada corrida.

Utilização de outros aplicativos: É possível usar outros aplicativos além do da prefeitura, sem exclusividades.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais