Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todos os dias

Publicidade

Criador de cobra é preso em Nilópolis

Agentes da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) prenderam na última segunda-feira (14) um homem que mantinha em seu estabelecimento comercial uma cobra da espécie Píton.

Os policiais chegaram ao homem após trabalho de inteligência e monitoramento e denúncia recebida pelo canal Linha Verde, do Disque Denúncia.

Considerada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) como animal silvestre exótico, a cobra não é nativa do Brasil, vinda da Ásia e da África, sendo proibida sua importação e criação.

A píton amarela não é uma cobra venenosa. A espécie pode chegar a 10 metros de comprimento e pesar 80 kg, e é considerada uma das maiores serpentes constritoras – que ataca se enrolando e esmagando as presas – do mundo.

Uma cobra filhote costuma ser vendida por aproximadamente R$ 3.000 no Brasil. Um animal adulto, por sua vez, pode chegar a custar R$ 15.000.

O albinismo é uma condição genética que causa um defeito na produção de melanina pelo organismo de animais. Com isso, há uma ausência parcial ou total de pigmentação dos olhos, pele e pelos. Na natureza, esses animais costumam viver pouco, pois não conseguem se camuflar e se tornam presas fáceis.

De acordo com as investigações, a importação ilegal desse tipo de animal e seu comércio gera alta rentabilidade para associações criminosas especializadas, sendo vendida em torno de R$ 15 mil.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais