Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todos os dias

Publicidade

Grupo arrecada móveis em Nilópolis e doa para famílias em Petrópolis

Uma semana após a tragédia causada pelas chuvas, Petrópolis segue em situação desoladora. Várias famílias se encontram desabrigadas e o comércio continua parcialmente fechado, ao passo que a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros continuam vasculhando os escombros atrás de possíveis sobreviventes.

Sensibilizados com a tragédia, os integrantes do grupo Amigos do Samba, composto por membros da Velha Guarda do G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis e liderados por Silvio Romário e Marcio Nascimento, resolveram entrar na corrente solidária em favor das famílias petropolitanas e iniciaram uma campanha para arrecadar móveis e outros utensílios, alguns deles, inclusive que foram descartados.

GRUPO AMIGOS DO SAMBA
Grupo Amigos do Samba. Foto: Divulgação

 

Márcio é artesão e coube a ele recuperar os móveis. Camas, lavatórios, mesas, guarda-roupas, cadeiras e outros utensílios, que para muitos era considerado lixo, agora terão um significado importante para inúmeras famílias.

“Infelizmente, o Brasil tem vivido uma tragédia atrás da outra neste início de ano. É hora de todos que puderam ajudar fazerem alguma coisa. Sou artesão e usei o dom que Deus me deu para recuperar o que era considerado lixo. Sei que é muito pouco diante do que essas famílias precisam, mas se cada um fizer algo, poderemos amenizar o sofrimento de muita gente”, disse o artesão, que é popularmente conhecido como Marcinho da Frigideira.

O caminhão com as doações seguiu na manhã desta quinta-feira (24) para a Região Serrana. Lá os móveis e outros utensílios serão entregues à entidades e organizações que estão trabalhando na separação e entrega de donativos.

Petrópolis já chora quase 200 mortos

Localizada na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, Petrópolis, também conhecida como Cidade Imperial, foi atingida por fortes chuvas no dia 15 de fevereiro. A Defesa Civil do Município registra quase 2 mil ocorrências sendo a maioria por deslizamentos. Segundo o último balanço, o número de mortos já chega a 198.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais