Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todos os dias

Publicidade

Câmara aprova projeto de lei que regulamenta funcionamento do Castramóvel em Nilópolis

A Câmara Municipal de Nilópolis aprovou na última quarta-feira (16) o Projeto de Lei Nº 74/2021, de autoria do vereador Leandro Hungria (Solidariedade), o qual regulamenta o Programa Castramóvel no município.

O Castramóvel, que é de propriedade da Prefeitura, foi iniciado em novembro de 2020, porém precisou ser suspenso alguns dias,  já que faltava ainda o cumprimento de algumas exigências junto ao Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV).  O processo de adequação do equipamento de castração junto ao CRMV foi finalizado em setembro de 2021, o que permitiu a reativação do programa no mês seguinte.

Em paralelo, o vereador Leandro Hungria, que é o presidente da Comissão Permanente de Proteção aos Direitos dos Animais da Câmara Municipal, apresentou o projeto de Lei para regulamentar o programa.

“O serviço está funcionando normalmente, mas ainda não temos uma Lei que regulamente o programa no Município. O projeto de minha autoria, visa justamente sanar essa necessidade e assim o Castramóvel passa a ser, oficialmente, um programa integrante da estrutura da Municipalidade, o que facilitará, inclusive a compra dos insumos, a realização de convênios e até mesmo a ampliação da capacidade”, explicou.

Leandro explica ainda que o principal objetivo das castrações é reduzir o número de animais abandonados vítimas de crias indesejadas e sem controle no município. Além disso, com a esterilização dos cães e gatos haverá redução na ocorrência de tumores de mama, testículo, piometra (infecção de útero) e tumores venéreos (TVT, transmitidos através da cópula entre os animais).

O Projeto de Lei Nº 74/2021 foi aprovado por unanimidade em duas discussões e agora segue para a sanção do prefeito Abrão David Neto (PL).

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais