Notícias de Nilópolis todo dia

Publicidade

Coluna Do Pedro Henrique | João Cláudio: A Voz inconfundível que engrandece Nilópolis.

Locutor, segundo o dicionário da língua portuguesa: “é aquele que fala;” “nas estações da rádio ou de televisão é encarregado de ler textos comerciais, informativos ou noticiosos, também de fazer a apresentação da programação, de anúncios ou de eventos.“.

Como visto no dicionário da língua portuguesa, são muitas as definições para aqueles que estão próximos às nossas vidas emitindo as mais variadas informações. Seja no rádio, na televisão ou até mesmo nos polêmicos rodeios, lá estão eles com aquelas vozes inconfundíveis e cheias de vigor, para vender ou para entreter.

Curiosamente, na vacância de apresentador para o Domingão na Rede Globo, com a saída de Faustão ainda no ano de 2021, um nome muito conhecido na Baixada Fluminense fez parte de uma grande brincadeira que tomou a Internet: o do locutor João Cláudio Braga Bandeira, e que foi matéria, inclusive, do Nilópolis Online.

JOÃO CLÁUDIO E FAMÍLIA
João Cláudio com os filhos João Pedro, João Gabriel e a esposa Nadja Santos Braga Bandeira. Foto: Acervo Pessoal.

 

João Cláudio, que recentemente completou 50 anos, é Fuzileiro Naval reformado, trabalhando nos microfones desde os 20 anos. Segundo ele, tudo começou como uma brincadeira ainda no antigo Ideal de Olinda, hoje atual endereço do Fórum da Comarca de Nilópolis:

“Nos anos 90, nas folgas do quartel, eu fazia no Ideal um trabalho como DJ de Reggae, junto com a equipe Pop Laser. Foi quando os irmãos Marquinhos e Dedé perceberam o timbre na minha voz e me colocaram, ainda que na brincadeira, na locução. E deu certo.” – relembra.

Ele fala ainda que, no início da carreira, sua grande inspiração foi Tony Soares, um radialista de Nilópolis com grande projeção, e que fazia muito sucesso à época pelo seu grande talento.

João Cláudio foi estudando, fazendo cursos, se aperfeiçoando no ofício e chegou, inclusive, a fazer uma participação especial em dezembro de 2000, no Programa Patrulha da Cidade, da Rádio Tupi, guardando um imenso carinho pelo radialista Coelho Lima que recebeu de maneira muito carinhosa e respeitosa aquele jovem estudante de jornalismo, à época:

“Guardo com muito carinho a minha breve passagem na Rádio Tupi, no Programa de maior audiência do Rádio Brasileiro até hoje: A Patrulha da Cidade. Coelho Lima foi marcante e aprendi muito com ele, mesmo que por um breve tempo.” – celebrou.

JOÃO CLÁUDIO E ELIAS ALVES
João Cláudio e o radialista Elias Alves na Rádio Mirandela FM. Foto: Acervo Pessoal

 

João também foi locutor em inúmeras rádios do Rio de Janeiro, comerciais e comunitárias, como a Rio FM, Status FM, Mirandela FM, Rádio Alô Você e hoje apresenta o Programa Samba Vip, todos os domingos, na Rádio Beija-Flor FM , uma rádio com plataforma e aplicativos próprios em ambiente virtual.

Com a facilidade de versar sobre os inúmeros momentos da carreira que já ultrapassam 30 anos, João relembra de diversos shows que apresentou, sendo considerado um dos mais marcantes, a gravação do DVD Coisa de Jorge, na Praia de Copacabana, em 2007, momento em que milhares de pessoas puderam ouvir Jorge Aragão, Jorge Mautner, Jorge Vercilo, Jorge Ben Jor e diversos convidados celebrando o Dia de São Jorge. O evento é considerado um marco na história dos grandes espetáculos feitos na capital fluminense e ao ar livre.

Senor Abravanel, o aclamado Silvio Santos, também foi locutor.

SÍLVIO SANTOS
Senor Abravanel/Silvio Santos. Foto: Reprodução da Internet

 

Silvio Santos é o nome artístico de Senor Abravanel, um carioca nascido na Lapa, que foi vendedor ambulante, cuja desenvoltura e talento para os negócios o fizeram chegar ao posto de ícone da história da televisão brasileira.
Antes da fama e do sucesso, o até então desconhecido Senor Abravanel aproveitou sua voz e eloquência para vender os mais variados produtos pelas ruas do Rio e na estação das Barcas, entre outros lugares, até que Renato Meira Lima, chefe da fiscalização para reprimir os camelôs no Rio nos anos 40, ficara impressionado com a maneira eloquente do jovem Senor e o leva para a Rádio Guanabara, onde estava acontecendo um concurso para escolha de um novo locutor. Com mais de 300 candidatos ao posto, incluindo o célebre e genial Chico Anysio, Senor Abravanel fica em primeiro lugar e assim inicia sua carreira artística como Locutor. O restante da história todos nós sabemos.

Assim como Silvio Santos, João Cláudio também faz jus ao título de locutor, e fala com orgulho dos tempos em que o ofício se dava em sua escola de coração, a Beija-Flor de Nilópolis, local que por mais de duas décadas fez a locução oficial na superquadra, apresentando shows como o de Belo, Péricles, Zeca Pagodinho e até mesmo Anitta, no início da carreira:

“Tenho um carinho imenso pela escola, pela diretoria e por todos os componentes. Lá realmente é uma escola diferenciada e tanto no passado quanto agora, o título de Escola de Vida é uma realidade. Foram muitos momentos bons vividos naquele solo sagrado. Tenho imenso amor ao pavilhão, à minha história pessoal e profissional e de ter contribuído, por muitos anos, naquele palco com o dom da voz que Papai do Céu me deu” – fala com saudades e orgulho o alegre e bem humorado profissional.

JOÃO CLÁUDIO
João Cláudio ao lado do saudoso compositor campeão do samba 2022 da Beija-Flor J.Velloso, e componentes Carlinhos e Fábio. Foto: Acervo Pessoal

 

João também tem participação ativa na vida da cidade, narrando desfiles cívicos municipais, shows, cerimoniais e inaugurações, e aonde vai com sua voz grave, aveludada e alegre, condizente com sua altura, faz a diferença.

João Cláudio Braga Bandeira, um brasileiro, um cidadão fluminense, um fuzileiro naval reformado e um profissional cheio de talento que carrega na alma e na voz o espírito amável e descontraído do povo Nilopolitano. Sua carreira é um verdadeiro, inequívoco e insofismável exemplo para todos os profissionais da comunicação, no que diz respeito a usar a voz como instrumento a serviço do bem, da responsabilidade e do trabalho.

Fontes: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-biografico/senor-abravanel
PEDRO HENRIQUE TAVARES  Pedro Henrique Tavares é Brasileiro, Fluminense, Poeta e Comunicador.

* O texto acima é uma obra pessoal e as opiniões contidas nesta coluna não refletem a opinião do Nilópolis Online. 
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais