Notícias de Nilópolis todo dia

Publicidade

Vereador volta a cobrar o retorno da linha de ônibus para o bairro Nova Cidade

O vereador Leandro Hungria (Solidariedade), voltou a cobrar junto ao Poder Executivo o retorno da linha de ônibus 05 (Nova Cidade x Prefeitura). O parlamentar reiterou a Indicação Legislativa Nº 634/2021, onde solicita que a Prefeitura tome providências para que seja retomada a circulação dos ônibus que atendem a linha.

Leandro considera que o pedido se faz necessário, pois contempla as pessoas que precisam se deslocar de um lado ao outro do município para consultas médicas, receber aposentadoria e diversos outros afazeres.

LEANDRO HUNGRIA
Vereador Leandro Hungria (Solidariedade). Foto: Divulgação

 

Para o parlamentar, é preciso que a Prefeitura e a empresa de ônibus cheguem a um acordo para que a população não seja prejudicada:

“Sabemos que o setor passa por uma crise sem precedentes, mas a população não pode ser penalizada mais do que já está sendo. A empresa alegou estar tendo prejuízo e nesse caso o poder concedente pode interceder, promovendo mudanças no itinerário, na grade de horários, enfim, é preciso que haja uma solução para que os moradores do bairro Nova Cidade possam voltar a contar com uma linha de ônibus que cubra o percurso da 05”, comentou.

Leandro Hungria salienta que já apresentou outras indicações, sugerindo alternativas para que a linha possa ser reativada e venha a atender outras localidades:

“Também já apresentei indicações sugerindo mudanças no itinerário da linha 05, como por exemplo, ampliar o percurso para que este atenda ao bairro Cabral, passando pelo Parque Municipal Professora Sara Areal e pelo bairro Frigorífico, enfim, é uma proposta que recebi dos próprios moradores dessas localidades, que atualmente se encontram sem nenhuma linha de ônibus que faça essa ligação”, concluiu.

As indicações foram aprovadas por unanimidade e encaminhadas ao prefeito Abraão David Neto (PL).

Paralisação na pandemia

O sumiço da linha 05 (Nova Cidade x Prefeitura) aconteceu logo no início da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Mas, bem antes, os longos intervalos entre os coletivos já incomodavam os usuários. Por ser a única linha de ônibus que fazia a ligação do bairro Nova Cidade com a Avenida Mirandela, o percurso servia principalmente àqueles que precisavam se deslocar para a região que concentra a maioria das agências bancárias e do comércio em geral.

Mas apesar da sua importância, o número de usuários caia a cada ano, gerando prejuízo para a empresa.

“O serviço prestado pelas empresas de ônibus é oneroso. Apesar de ser uma utilidade pública, manter uma linha de ônibus em funcionamento gera despesas e há necessidade delas serem cobertas. É preciso pagar os salários dos motoristas, arcar com o combustível, a manutenção dos veículos, enfim, se não há clientes suficientes para isso, a empresa é obrigada a reduzir a circulação dos ônibus ou até mesmo a suspender a operação”, explicou o especialista em transporte e mobilidade, Jurandir Carvalho.

Para o especialista, a solução para o problema depende de uma restruturação do sistema no município:

“O sistema que temos em Nilópolis é antiquado. Há linhas sobrepostas e lugares onde as linhas não atendem à necessidade atual da população. O município ainda tem a sua maior parcela da população trabalhando fora, que usa os trens e linhas intermunicipais para o seu deslocamento. As linhas municipais devem atender a essa necessidade, fazendo a ligação entre os bairros, passando pelo Centro. Também é preciso que o poder público entre como parceiro, para que o serviço seja prestado de forma adequada às necessidades, e para isso é necessário compensar financeiramente as empresas. Entendo que se não houver um estudo sério nesse sentido, em breve mais linhas serão extintas”, diz.

Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais